Notícias

Aperto fiscal reduz gasto do PAC em 31,8%

31 mar , 2015

O ajuste fiscal promovido pelo governo federal neste início do ano derrubou os gastos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) a dois terços dos valores verificados no ano passado.

Segundo dados da organização não governamental (ONG) Contas Abertas, os valores pagos até o fim de fevereiro somaram R$ 7,5 bilhões. Em 2014 foram R$ 11 bilhões – uma queda de 31,8%.

Conforme matéria do jornal “O Estado de S. Paulo”, há pelo menos 30 grandes obras paradas em todo o País, principalmente por causa dos efeitos da Operação Lava Jato, que afetou a Petrobras e grandes empreiteiras da construção civil.

O Ministério do Planejamento, porém, tem outra explicação. Segundo a pasta, o PAC entrou na fase de conclusão de sua segunda etapa, iniciada no primeiro mandato de Dilma Rousseff e, portanto, “é natural que o ritmo de pagamentos seja diferente quando comparado ao período anterior”, informa.

Os números da Contas Abertas mostram redução nos gastos do governo de 5,3% no total, neste período, baixando de R$ 435,7 bilhões no primeiro bimestre de 2014 para R$ 412 bilhões este ano.

Voltar

Publicidade